Eros: O Mito E A Metáfora

Sem dúvida, Platão não mereceu de Freud o reconhecimento conferido a Schopenhauer e Nietzsche, os filósofos que valorizaram a vontade (TORRES MACHADO, 1999).  A rigor, foi pequena a influência dos filósofos gregos em suas reflexões sobre a condição humana.

 Leia o conteúdo completo desta publicação, clique aqui.

Gley P. Costa

* Médico psiquiatra e psicanalista, professor de cursos de pós-graduação e escritor.